Comunicação Verbal - Fale em público sem mistérios

Falar em público significa praticar a empatia, colocar-se no lugar das pessoas que vão ouvi-lo e falar sobre assuntos que interessem, com linguagem de fácil compreensão, propondo soluções válidas para resolver os problemas.

É necessário ter em mente que a função do orador é servir de aperitivo:

·         Despertar o apetite da audiência para escutar o orador.

·         Colocar o auditório em situação receptiva, fazendo-o pensar que vale a pena escutá-lo, que o orador sabe o que fala e que vale a pena fazer o que ele nos sugere.

O contato com o auditório.

É muito importante comunicar-se com o auditório de maneira personalizada, assim, cada um dos membros da audiência deve sentir que o orador se dirige a ele pessoalmente.

Isso se consegue preferencialmente por meio do contato pessoal. O orador deve olhar para todas as pessoas da sua audiência, nos olhos, em algum momento da sua fala. O contato visual aproxima e promove a sensação de exclusividade em cada ouvinte.

O êxito ou fracasso do orador depende, fundamentalmente, de três coisas:

AUTOCONFIANÇA: Nível de segurança em você.

COMUNICABILIDADE: Habilidade de comunicar-se oral e gestualmente.

SIMPATIA: Da confiança e da simpatia que você demonstrar vai suscitar sua audiência.

Você sabe como desaparece a INSEGURANÇA? Fácil, aplicando as 4 normas a seguir:

·         Falar só o que sabe.

·         Ter claro o objetivo pretendido.

·         Preparar a fundo o que deseja dizer. Treinar muito.

·         Estudar as necessidades, desejos e características da audiência.

Pensamento: “Quando for pescar, não ponha no anzol o que você gosta, mas sim, o que o peixe gosta”.

Lembre-se que a comunicação é uma qualidade que sempre o ajudará a abrir portas para o sucesso e crescimento na sua carreira.

Manuela M. Rodriguez