A Importância da Mulher na Globalização

 

 

Com contatos internacionais cada vez maiores, algumas executivas se tornarão diplomatas, poliglotas e estudantes de cultura.

 

Neste milênio, todos viveremos sob intensa competição e, precisaremos saber aproveitar as grandes oportunidades globais. Colaboração, atualização e competição; rápidas mudanças, pressão por inovação e eficiência, demandas global e local serão parte da rotina, da sua rotina.

 

Globalize-se, estude idiomas, esteja sempre atualizado e, perceba que os desafios são muitos, mas as oportunidades nunca foram tão abundantes. Nas primeiras duas décadas do século XXI não bastará ser muito bom em uma coisa só. O mundo precisará de pessoas com vasta cultura geral para pilotar a enorme massa de conhecimentos e isso só se consegue estudando sem parar.

 

 A senha é não colocar todos os ovos na mesma cesta. Este é o desafio do mundo moderno; será preciso ser bom em mais de uma coisa e, além disso, estudar muito, atualizar-se, porque bagagem cultural não terá limite de peso.

 

No novo milênio, todo negócio deverá ser temático, seguindo a linha do espetáculo. Todo negócio deve ser um show. Todo produto deve ser memorável. O consumidor vai comprar mais do que um produto, uma idéia que está por trás dele.

 

Lembre-se, vivemos num mundo de competição externa, como é o mundo dos esportes hoje, só fica na liderança quem está bem preparado e ganha sempre.

 

Uma pessoa empreendedora precisa olhar para o futuro. Mas o mais importante é observar o presente e identificar as mudanças à sua volta.

 

COMPETÊNCIA + OPORTUNIDADE = CHAVE PARA A REALIZAÇÃO DO SUCESSO.

 

No século XXI, você será medido pela competência e pelo que produz, pelas idéias novas que tem. Esqueça os argumentos de quem diz que a vida profissional acaba depois dos 40.

 

Segundo Miguel de Cervantes “Um homem não é mais do que o outro, apenas um faz mais que o outro”. Todos sem exceção têm talentos. Basta apenas desenvolve-los.

 

DESENVOLVA SEUS TALENTOS.

 

Manuela M. Rodriguez